Capoeira

Capoeira – Do Tupi guarani co-poera = roça velha. Arte marcial brasileira que através dos seus gingados, apresenta golpes de ataque e defesa. Grande expressão da cultura popular brasileira, nascida da ânsia de liberdade no período entre o brasil colônia e Império.
Fonte: Dicionário de Palavras Brasileiras de Origem Indígena – Clóvis Chiaradia 
 

2 Comentários

  1. Nilton Barnabé C, da Hora (Mestre Barnabé).

    Bom dia a todos que estão empenhados na publicação desta tão importante obra (Dicionário Tupi-Guarani). Eu estou passando aqui para deixar a minha contribuição para essa valorosa obra – (Capoeira, é uma palavra abrasileirada: Do Tupi-Guarani: [CAAPUERA ou CAAPOERA] a qual contém vários significados: (CAA = Erva, Mato; PUERA ou POERA = Fino, Ralo, Que foi cortado), significando, Mato que foi cortado. Como já falei, a palavra (CAAPOERA, CAAPUERA ou CAPOEIRA), com a qual os portugueses no Brasil nomeavam todo animal silvestre, temos, ainda, uma grade de confeccionada com (madeira fina e cipó) para conduzir aves, nas embarcações marítimas.
    Com relação a Capoeira enquanto Cultura Brasileira, ela não é (ARTE MARCIAL), visto que (MARCIAL) é tudo aquilo que foi, que é, ou que será criado(a) por militares, a palavra vem de [BÉLICO, BELICOSO]. A nossa (NOBRE ARTE CAPOEIRA) foi criada por populares, ou seja, por pessoas do povo, escravizadas no Brasil colonial do final do século XV, portanto, a nossa Nobre Arte que foi tombado pelo (IPHAN) e pela (UNESCO) como Patrimônio Histórico Imaterial Cultural Brasileiro e da Humanidade), essa, é (ARTE POPULAR).

  2. Alan Moraes

    Marcial, enquanto luta, não deriva do militarismo, mas sim do campo de Marte em Roma, Marte era o Deus da Guerra, concordo que a Capoeira de fato não é Arte Marcial.

Deixe um comentário