Xetá

Dialeto xetá

por José Loureiro Fernandes (“O vocabulário aqui divulgado* é o organizado por nós, em Dourados [serra], com a colaboração do engenheiro checo Dr. Wladimir Kozak, revisto pelo prof. Chestmir Loukotka e posteriormente analisado com o prof. Rosário Mansur Guérios.”)

Língua da Família Tupi-Guarani
	PARTES DO CORPO

Português                 Xetá

língua			- inko
boca			- dióri
dente			- nénai
nariz			- sapôta
olho			- imahâ
orelha			- ñambi
cabeça (parte superior)	- tixapotê
cabeça (total		- ñakankaue
cabelo			- ñâka
barba			- tirá
mão			- êpo
cotovelo		- ama
polegar			- tikaáudio
dedo mínimo		- inkanawakan
unha 			- puâpe
pé em geral		- prohá
coxa			- ñôr
panturrilha		- etâma-la
joelho			- enápua
perna			- etâma
unha do pé		- posiâpe
casco de animal		- posiâbe
costela			- ñalóka
peito			- pasiá
mamelão do homem	- ikãta
seio			- kamoá
mamelão feminino	- ikãta
pele			- êti
osso			- inkã
sangue			- hôga
veia (vaso sangüíneo)	- hâdia
carne			- haikâ
coração			- henia
	NATUREZA
água			- hôñe
rio			- ?
regato			- ?
fogo			- haikela
fumaça			- tatâde
cinza			- tatâupa
carvão de madeira	- tátâbui
céu			- tataka
cerração, nevoeiro	- hawãndie
chuva			- atêg
orvalho			- achabue
vento			- awôto
relâmpago		- auêra
arco-íris		- nitiô
sol			- enexâve
aurora			- kádo
dia			- alâdia
noite			- poá
manhã			- memóe
tarde			- kerakadso
lua			- nhanetavetoa
estrela			- iatêda
plêiades		- hetai
terra, solo		- ewûa
caminho (trilha de índio) - péka
selva, floresta		- ñyata
areia			- takarói
pedra			- itá
	UTENSÍLIOS E ARMAS
casa			- tâpui
cesta			- pinako, eváitá
lenha			- niapiá
aparelho ignígeno	- tatail
lasca de madeira (cavaco) - hágue
abanador, esteira	- tapéguá
machado			- nepraka
arco			- guarâba
corda de arco		- napádia
flecha			- vûá
emplumação da flecha	- upéba
flecha com ponta de madeira barbelada - alauête
flecha para pássaro	- narâpia
clava			- auêrapingebo
punção (pequeno osso aguçado) - haikiinka
tanga			- hamiakâ
flauta de Pã		- tâgua
cabaça (fruto)		- kôgua
cabaça (recipiente)	- amawá
canto			- aprai
	FAMÍLIA
nome (grupo de índios de Dourados) - xetá
botocudo (homem com ornato labial) - heméta
varão (homem)		- kanome
marido			- teiradwa
pai			- mai
mãe			- hai
criança			- nieue kauai
filho			- timêmo
menino			- txigoi, xigoi
irmão			- mendjâgoi
irmã			- nadsiaguê
mulher			- ñanekoinha, kôña
esposa			- simirâda
filha (menina)		- tiguá
filha (jovem moça)	- timémo
velho			- diâlei, diarei
velha			- dihárei
amigo			- diakâda
inimigo			- nhadiakáte
fantasma		- möuel
alma			- nhang
sonho			- ákâña
	ANIMAIS
macaco			- krâkoi
bugio			- huimá
onça pintada		- haiköpintai
puma			- punahai
veado			- hehehai
lontra			- hame-ai
anta			- telâgoihai
capivara		- haikehüra
paca			- hum-hai
porco-do-mato		- huhai
queixada		- haikenhuai
quati			- haikancai
tamanduá-bandeira	- moko hehai
tamanduá-mirim		- moko-atai
camundongo		- hararau
ratazana		- hararau
lebre			- têká
tatu			- hekeldiâve
pássaro pequeno		- gurokihánge
ovo			-   [em branco]
jacu			- kukai
jacutinga		- pinpiai
urubu (corvo)-preto	- fofoai
urubu (corvo) branco	- peke-hararau
urubu(corvo)-de-cabeça-vermelha - niampine
pombo grande		- hãhãhai
pombo pequeno		- hehai
peixe			- radja
cobra			- moi
cobra cascavel		- diagoi
sapo			- ndoi
lagarto			- moihiruai
formiga			- arará
mosquito		- malêgue
mosca			- mêro
abelha			- êi
mel			- ikânge
gafanhoto		- toko
vespa			- kawá
piolho			- kö
aranha			- ñadú
	PLANTAS
árvore			- áuéra
folha			- há
casca de árvore		- ipegwa
raiz			- hâpó
espinh			- hâté
resina			- huawaai
flor			- debótérame
taquara (bambu)		- tákua
cana, caniço (criciúma)	- kailekomhuá
	OUTROS VOCÁBULOS
grande			- halêdja, hauidja
pequeno			- teai
alto			- niauai
velho			- inama
frio			- ñrandja
quente			- hâko
molhado			- awaba
doente			- hâde
branco			- katahai
preto			- hûntai
vermelho		- putâdai
azul			- awete
verde			- awete
não			- ñiá

________
* O alfabeto que serviu para a impressão das palavras xetá é o alfabeto português ao qual foram acrescentados alguns sinais diacríticos conforme orientação do prof. Loukotka, dando às vogais e consoantes e às suas associações estes valores sônicos:

â – quantidade
à – acentuação
tx – como em espanhol ch
di – como em tcheco d’
h – aspirado como para indicar vogal nasal em alemão
ñ – como em espanhol
x – como em português (= ch)
ti – como em português
j – como em português
n – após vogal
Fonte: FERNANDES, José Loureiro. Os índios da serra dos Dourados (os xetá). In: Anais da III Reunião Brasileira de Antropologia. 10-13 fev. 1958. Recife: [Imprensa Universitária], 1959. p. 42-4.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *